Maricá

Aqui mais um projeto que venho trabalhando há 1 ano.

Trata-se de um exemplar de Maricá, planta nativa do Rio Grande do Sul mas também é encontrado em outras regiões do Brasil.
Também é popularmente conhecido como espinho-de-maricáespinheiraespinho-de-cerca eespinho-roxo. É um arbusto de caule tortuoso da família das leguminosas. É comum em solos úmidos e brejosos. Tem altura entre 6 e 10 metros.

Utilizei este exemplar para participar de um concurso de bonsai, Primer concurso evolutivo Cincobarracinco, organizado pelo bonsaísta argentino Sergio Luciani. O concurso compreende trabalhar uma planta por 1 ano, com 3 registros fotográficos. A entrega das fotos encerraram em abril passado.

O exemlar trabalhado foi obtido de yamadori e foi presente do amigo Everton Conceição, grande amigo e bonsaísta.

Contrariando algumas pessoas mais experientes, dei seguimento no trabalho.
Uma das grandes dificuldades de condução desta espécie são os espinhos. Exceto o tronco, eles estão por todos os galhos e folhas, em grande quantidade, afiadíssimos e bastante doloridos.

DSCN8595-FB

Planta antes do trabalho:

Marica_RicardoPaiva_01_FB

Estilização: eliminação de galhos, trabalho de madeira morta, seleção de galhos.

Marica-2_FB

Marica-3_FB

6 meses depois: já com ramificação primária praticamente definida.

Marica-1web

1 ano depois: depois de inúmeras podas (praticamente 2 por mês), transplante e 1ª parte da estilização finalizada. Ainda serão necessários vários ajustes na madeira morta e nebari.

Poda, redução das raízes e transplante (vaso de Elio Secchi):

DSCN2074_FB DSCN2078_FB DSCN2080_FB

FRENTE

Marica-2_FB

 

Lado esquerdo

Marica-lado-esquerdo_FB

Parte de trás

Marica-tras_FB

Lado direito

Marica-lado-direito_FB

 

 

 

Anúncios

9 comentários sobre “Maricá

  1. Parabéns Ricardo ficou espetacular!!! Sendo uma planta de lugares úmidos ( brejo ) , qual é o substrato que você esta usando agora ?

    • Obrigado Paulo. Substrato: 50% caco tijolo, 40% pedrisco, 10% terra de cupinzeiro (pode ser substituída por terra preta de boa qualidade). Rega abundante. Isso porque posso regar todo o dia se precisar.
      Abraço

  2. Cara,este trabalho que você fizeste nesta planta ficou incrível, maricá quem diria!
    Uma árvore praticamente também símbolo aqui do Sul que encontramos em nossos campos e banhados com uma bela florescência branca.
    Um belo trabalho, parabéns.

  3. Wow, treinei uma durante anos, desde muda, sempre olhava os bonsai de Caiandra espinosa para me inspirar, pena que a minha morreu quando meu cachorro detonou ela por que agora encontrei uma bela referencia. Espero ter a sorte de encontrar uma bela peça para yamadori (legalmente viável), mas até me inspirei para iniciar uma muda para garantir o projeto. Parabéns, abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s